EX - Saiba o que é Employee Experience e torne as experiências dos funcionários inesquecíveis.

Employee Experience – O novo X da questão

5 de junho de 2018

A cada dia as empresas estão mais preocupadas em criar experiências inovadoras para motivar e favorecer o desempenho de suas equipes. A busca por melhorias no clima organizacional, por um melhor ambiente de trabalho, pela atração de profissionais de alta performance e a retenção de talentos são objetivos importantes para se manter o negócio próspero e forte no mercado.

Nasce assim o Employee Experience! Que é o conjunto de esforços para criar uma vivência significativa para os colaboradores. É a percepção de todas as interações dos funcionários com os componentes que estruturam o ambiente de trabalho. Pessoas, políticas, atividades, ferramentas, infraestrutura física e digital são fatores levados em conta para a aplicação dessa atividade.

Um modelo interessante a ser seguido no mercado é da empresa Airbnb, que foi pioneira na aplicação do EX e valoriza a utilização de técnicas para tornar as experiências dos funcionários inesquecíveis. Conheça algumas ações e inspire-se!

A Airbnb respira Employee Experience

Fundada em 2008, a empresa deixa explícito em seu site, qual é a sua cultura de Employee Experience:

“Nós servimos aos nossos funcionários de diversas formas. Pode ser através da formulação de um cardápio para um programa de alimentação saudável e gostosa, ou fornecendo a eles nossa mais nova tecnologia, recrutando os melhores e mais brilhantes para compor nossas equipes, ou assegurando que os nossos prédios e espaços sejam otimizados para o ambiente de trabalho: a equipe de Experiência do Funcionário está em cada faceta do Airbnb. Nosso objetivo é dirigir a saúde e a felicidade da empresa — e nos divertimos muito fazendo isso!”

Em 2015, um fato curioso e inovador mostrava a mudança e geração de valor sobre o tema. O executivo Mark Levy foi nomeado como Global Head of Employee Experience do Aibnb. Este cargo estratégico tinha o objetivo de criar experiências memoráveis para os colaboradores no ambiente de trabalho e combinava com as funções tradicionais de Recursos Humanos, Marketing, Comunicação, Responsabilidade Social e Facilities.

A criação da área de EX foi um ato corajoso e original, pois neste período não tinha nenhum guru ou até mesmo benchmark no mundo. A empresa fugiu de modelos de gestão tradicionais, e colocou as pessoas no centro para construção de práticas que trariam ganhos para todos os envolvidos.

Tais ações geraram efeitos positivos para a empresa, onde foi gerada uma identidade cultural, além de melhoria nas finanças. Alguns dados apresentados estão aí para nos mostrar a benfeitoria da implementação do EX:

  • Em 2016 o Airbnb foi o #1 Best Place to Work (Melhor lugar para se trabalhar) de acordo com o Glassdoor.com;
  • Fundado em 2008, o negócio hoje vale US$ 31 bilhões.

É interessante ressaltar que o modelo adotado pela Airbnb ultrapassa ideias e vai além do tradicional. Escutar, olhar e sentir como o trabalho acontece fazem com que você apresente as melhores experiências para os seus colaboradores.

E você? Quer criar experiências memoráveis para sua equipe?

Confira algumas premissas que nós da Squadra achamos fundamentais para entregar neste novo ambiente de trabalho:

1 – Autenticidade na estratégia de EX

Ter uma estratégia de EX com propósito claro faz com que as decisões sejam tomadas corretamente. Por isso, a experiência do colaborador é conduzida do topo e começa com as paixões e aspirações da equipe de liderança. Com este plano, todos os funcionários enxergarão facilmente o que os líderes estão fazendo e assim, consequentemente, viverão a melhor experiência de trabalho.

2 – Envolva os colaboradores e busque originalidade

Nada mais justo que envolver quem de fato vive a experiência no ambiente de trabalho. Por isso, considerar o que faz sentido para os colaboradores é essencial para uma boa prática de EX. É preciso ser original e saber ouvir!

3 – Esteja aberto e evolua continuamente

Estar aberto a sugestões e feedback são itens constantes e atuam em todo o processo do EX. Só assim teremos a evolução contínua na gestão da experiência do colaborador.

4 – Codifique a prática de EX

Utilize métodos para construir continuamente o ambiente de trabalho como experiência. A forma de abordar, os processos, as ferramentas são essências para aplicação do EX. A prática do pensamento de design thinking potencializa o conhecimento no envolvimento dos colaboradores durante o processo e gera diferentes caminhos, aprendizados e soluções assertivas.

5 – Comece pelo o que está na agenda da sua organização

Acreditamos que o melhor modo de iniciar esta prática, de colocar os colaboradores no centro, é aplicando nos projetos que já estão na agenda. Você pode adotar a abordagem do design, suas ferramentas para desenvolver um treinamento, um novo processo de avaliação de desempenho e métodos de trabalho que facilite o desempenho das pessoas.

Estamos na era das experiências! Segundo o artigo publicado da Forbes, em 2018 as empresas usarão a Employee Experience com força total para aumentar a produtividade, a vantagem competitiva, o crescimento sustentável e a satisfação daqueles que são nossos porta vozes e essenciais para o sucesso do seu negócio, o colaborador.

Gostou do tema e tem interesse em entrar neste X da questão? A Squadra Tecnologia pode te ajudar a enxergar o novo, a organizar as ideias e utilizar as melhores plataformas tecnológicas para tais ações.  Atuaremos com interação e engajamento além do tradicional, conectando pessoas e construindo o futuro com a Transformação Digital.

Facebooklinkedin